Conhece-te a ti mesmo... se puderes.
Terça-feira, 17 de Maio de 2016
Criação imperfeita
 

 

 Quando Deus fez o mundo e descansou ao sétimo dia já estava um pouco velhote.

Não se preocupou em resolver o problema do Bem e do Mal, deixando isso ao cuidado dos homens com os resultados que se conhecem e deixou também a Terra mal feita e por acabar, com tanta tempestade; furações; inundações; sismos; epidemias; pandemias e bicharada (mosquitos; parasitas; etc.); que só servem para atrapalhar.

Ordenou: “crescei e multiplicai-vos” sem procurar saber se havia comida no frigorífico nem sequer saber se cabiam todos dentro da casa.

Tanta distracção só revela que já estava decrépito. Não descobri nada de novo, Guerra Junqueiro, por razões diferentes das minha, já tinha descoberto que o Padre Eterno estava velho.

Se o Criador cometeu tantos erros  e distracções, que podemos esperar de uma criatura feita de barro e de outra criatura feita a partir de uma costela?

A história da Bíblia está mal contada? Lamento e garanto que não meti prego nem estopa no assunto.

Muitos acreditam? Têm boas razões para o fazer, todos nós acreditamos naquilo que nos convém ou pensamos que está certo.

 


tags:

publicado por pimentaeouro às 21:23
link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De redonda a 17 de Maio de 2016 às 22:15
Portanto, a mulher tendo sido feita depois, constitui a versão melhorada e é superior...


De pimentaeouro a 18 de Maio de 2016 às 12:51
Lamento decepciona-la, a Igreja pensa que não e só no século IX concluiu de a mulher também tinha alma...


De redonda a 18 de Maio de 2016 às 22:11
Essa não sabia...ainda bem que agora a Igreja reconhece que eu tenho alma :)


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
posts recentes

Tersseira classe

Perplexo

Flamenco #3

Guantanamera

S. Pedro zangado

Flamenco #2

Ciro II

Ricos e pobres

Reformar, reformar

Flauta de pan

arquivos
tags

???

ambição

amizade

amor

animais

antropologia

armas

arquitectura

arte

arte biografias

astronomia

ballet

biografias

biologia

blogues

café curto

carttons

ciência

cinema

civilização

clima

comunicação social

corrupção

criminosos

crise financeira

demagogia

demência

demografia

descobrimentos

desemprego

destino

diversos

doenças

dor

economia

eleiçoes

ensaio

ensino

escravatura

escultura

estado

estupidez

eternidade

ética

eu

eutanásia

evolução

família

férias

filosofia

futebol

genocídio

governo

greves

guerra

história

inquisição

internacional

justiça

literatura

livros

memória

miséria

morte

mulher

mulheres célebres

musica

natureza

natureza humana

paisagens

paleontologia

partidos políticos

patologia ideológica

pátria

pintura

planeta terra

pobreza

poesia

politica

regime político

religião

saudade

saúde

segurança social

sentimentos

sexo

sindicatos

sociedade

sonhos

tecnologia

terrorismo

terrorismo de estado

testamento vital

tristeza

união europeia

universo

velhice

vida

violência

xadrez

todas as tags

favoritos

Um fantasma

Arte de furtar

Deus existe? #2

Para onde vou?

Sou um San

O Século xx Português

Pater Famílias

Avesso dos Lusíadas #2

links
últ. comentários
Gosto imenso!
Esperemos que não fique zangado muito mais tempo.....
E uma metáfora do nosso país. Temos muitos pobres ...
Não resistem...
Será que existirá sempre este fosso enorme?
Os casos que refere são excepções que não traduzem...
Mas nos anos 50/60 já havia por cá mulheres que ti...
Não há melhor.
blogs SAPO
RSS