Conhece-te a ti mesmo... se puderes.
Terça-feira, 13 de Setembro de 2016
Arte de Furtar

Resultado de imagem para arte de furtar

 

Arte de Furtar, Espelho de Enganos, Thetro de Verdades, Mostrador de Horas Minguadas, Gazua Geral dos Reynos de Portugal, Oferecida a ElRei Nosso Senhor D. João IV, de autor prudentemente anónimo, editada no ano de 1.652 em Amsterdam, não fosse o Santo Ofício mandar para o céu quem se atrevesse a publica-la em Portugal. O anónimo autor inventariou mais de 90 modalidades de furtar, número assas modesto para os dias de hoje.

Tenho uma edição publicada pelos Estúdios Cor em 1.969, ilustrada por João Abel Manta que legarei à posteridade.

Vem este intróito a propósito de uma notícia do jornal Público de hoje que achei deliciosa.

 Cito o título: Reitor trava despedimento de ex-tesoureira que deixou 75 mil euros em dinheiro numa mesa.

Esta pequena distracção aconteceu na Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto. O instrutor do processo disciplinar propôs o despedimento da funcionária mas o Reitor ficou-se pela suspensão da funcionária durante oito meses. A Comissão de de Trabalhadores acha a medida proposta desproporcionada porque a citada funcionária tem 15 anos de serviço com exemplar comportamento e zelo!

Não é a primeira fez que casos destes acontecem, em 2.004 também desapareceram alguns milhares de euros e o processo disciplinar foi inconclusivo.

Para apimentar  o ambiente daquela Faculdade, o ex-director, Pinhão Ferreira, declarou para quem quis ouvir: Vou dar uma grande coça ao director.

Esta Faculdade é um modelo de organização e bom funcionamento.



publicado por pimentaeouro às 22:04
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
posts recentes

Perplexo

Flamenco #3

Guantanamera

S. Pedro zangado

Flamenco #2

Ciro II

Ricos e pobres

Reformar, reformar

Flauta de pan

A EMEL é fel

arquivos
tags

???

ambição

amizade

amor

animais

antropologia

armas

arquitectura

arte

arte biografias

astronomia

ballet

biografias

biologia

blogues

café curto

carttons

ciência

cinema

civilização

clima

comunicação social

corrupção

criminosos

crise financeira

demagogia

demência

demografia

descobrimentos

desemprego

destino

diversos

doenças

dor

economia

eleiçoes

ensaio

ensino

escravatura

escultura

estado

estupidez

eternidade

ética

eu

eutanásia

evolução

família

férias

filosofia

futebol

genocídio

governo

greves

guerra

história

inquisição

internacional

justiça

literatura

livros

memória

miséria

morte

mulher

mulheres célebres

musica

natureza

natureza humana

paisagens

paleontologia

partidos políticos

patologia ideológica

pátria

pintura

planeta terra

pobreza

poesia

politica

regime político

religião

saudade

saúde

segurança social

sentimentos

sexo

sindicatos

sociedade

sonhos

tecnologia

terrorismo

terrorismo de estado

testamento vital

tristeza

união europeia

universo

velhice

vida

violência

xadrez

todas as tags

favoritos

Um fantasma

Arte de furtar

Deus existe? #2

Para onde vou?

Sou um San

O Século xx Português

Pater Famílias

Avesso dos Lusíadas #2

links
últ. comentários
Gosto imenso!
Esperemos que não fique zangado muito mais tempo.....
E uma metáfora do nosso país. Temos muitos pobres ...
Não resistem...
Será que existirá sempre este fosso enorme?
Os casos que refere são excepções que não traduzem...
Mas nos anos 50/60 já havia por cá mulheres que ti...
Não há melhor.
blogs SAPO
RSS