Conhece-te a ti mesmo... se puderes.
Segunda-feira, 21 de Março de 2016
Drama

A tragédia abate-se sobre a minha infeliz mulher.Sofre de neuropatia há 9 anos e tem dor crónica há quase cinco anos, tem o sofrimento estampado no rosto e a doença   não cessa de se agravar. Exausta de dor adormece e a minha solidão e tristeza aumentam: a minha mulher está mergulha na dor eu estou mergulhado na tristeza. Até  onde irá agravar-se a dor?

Não é possível imaginar tamanho sofrimento, está para além do entendimento! Em cima de cinco anos de dor crónica, quantos mais anos terá de sofrimento? Acamada será o destino dos seus dias e só não está já porque é uma grande lutadora.

Adorava viver, tinha o sorriso estampado no rosto, onde hoje existem apenas rugas de sofrimento. Não quero imaginar, sequer, como serão os poucos anos que nos restam que serão vividos em completa solidão como até agora.


tags: ,

publicado por pimentaeouro às 11:32
link do post | comentar | favorito
|

7 comentários:
De redonda a 22 de Março de 2016 às 17:30
Vou só deixar um beijinho porque não sei o que dizer.
Gábi


De pimentaeouro a 24 de Março de 2016 às 11:37
Obrigado. Não há palavras.


De Ametista a 28 de Março de 2016 às 23:11
Caro amigo João,
Lamento profundamente o drama que se abateu sobre as vossas vidas. Não tenho mais palavras...
Deixo um abraço de força


De pimentaeouro a 30 de Março de 2016 às 21:08
Cara amiga Leonor,
Agradeço as suas palavras de conforto. A sua saúde como vai?
Desejo que as palavras, a imaginação e a fantasia regressem cedo.
Um grande abraço.


De Ametista a 3 de Abril de 2016 às 01:52
Amigo João,
Eu vou andando bem, comparada consigo. Importante é saber se o João se encontra bem, dentro da medida do possível. Gostava de ter palavras certas de conforto para si, mas não consigo encontrá-las. É uma situação demasiado delicada..
Desejo-lhe dias melhores, mesmo que lhe possa parecer utópico.
Grande abraço


De Filipa a 22 de Novembro de 2016 às 18:11
Boa tarde

Sou doente seguida em vários médicos e especialidades mas principalmente como em auto imunes não estão a dar resposta a minha situação acabei por desenvolver dor neuropatica crônica seguida há dois anos na consulta da dor mas até agora sem ajuda por mais tentativas e neste momento acabo de entrar numa sem precedentes dai pela primeira vez ter vindo ao Google e colocar pelo primeira vez a keyword : tratamento inovador dor neuropatica e aparece me este blog no início vejo os seus post e vejo me na situação da sua mulher não quero partilhar a minha dor convosco sei que já é difícil imaginável aturar a nossa e cmo não se vê ainda temos que fingir extremo interesse quando alguém desabafa connosco porque está com problemas a sério estou sozinha a três anos a fingir ser uma sombra do que fui p todos andarem felizes... Mas enfim vi que além de mim... Também tenho um João aqui em casa que não fala muito nem partilha muito o que pensa talvez consigo que é quem o melhor para o entender do que eu , talvez ele falasse... Se tiver disponibilidade contacte me e se a sua esposa tiver alguma energia para comunicar com uma jovem com um filho de 5anos que já não tem mais alternativas s não recorrer uma estranha.. Agradeço -vos se não ... Desejo-vos tudo de bom a mesma e que pelo menos encontre algum dia algo medicamento ou não que torne tudo mas suportável já seria bom muita energia positiva e esperança seja lá de ond for que a vai buscar !!! A minha vem quase toda de um filho supostamente impossível é lindo de 5aninhos !!!


De pimentaeouro a 23 de Novembro de 2016 às 18:25
Boa noite,
Pelo que tenho dentro de casa faço uma ideia do seu sofrimento.
A minha mulher também andou na consulta da dor mas concluímos que não têm experiência da dor neuropática e um conhecimento muito limitado sobre doenças neurológicas.
A minha mulher é acompanhada no Hospital da Luz pelo neurologista (este tipo de doença só pode ser tratado por neurologistas) Prof. José Ferro.
Quando sentir necessidade de desabafar pode contactar-me.
Ao seu dispor.



Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
posts recentes

D. Sancho I

Fernão Lopes

António Botto

O brinco da tua orelha

Quem não ama não vive

Exercito de Terracota

China

Mistério

Revolução de Outubro

lemures

arquivos
tags

???

ambição

amizade

amor

animais

antropologia

armas

arquitectura

arte

arte biografias

astronomia

ballet

biografias

biologia

blogues

café curto

carttons

ciência

cinema

civilização

clima

comunicação social

corrupção

criminosos

crise financeira

demagogia

demência

demografia

descobrimentos

desemprego

destino

diversos

doenças

dor

economia

eleiçoes

ensaio

ensino

escravatura

escultura

estado

estupidez

eternidade

ética

eu

eutanásia

evolução

família

filosofia

futebol

genocídio

governo

greves

guerra

história

incendios florestais

inquisição

internacional

justiça

literatura

livros

memória

miséria

morte

mulher

mulheres célebres

musica

natureza

natureza humana

paisagens

paleontologia

partidos políticos

patologia ideológica

pátria

pintura

planeta terra

pobreza

poesia

politica

regime político

religião

saudade

saúde

segurança social

sentimentos

sexo

sindicatos

sociedade

sonhos

tecnologia

terrorismo

terrorismo de estado

testamento vital

tristeza

união europeia

universo

velhice

vida

violência

xadrez

todas as tags

favoritos

Tempo

Vidas

Idades

Carrossel

Águas-furtadas

Farol

Cada passo

Só verão

Rouxinol

Tormenta

links
últ. comentários
Não me parece que seja assim, até porque há cães e...
Estranho o ódio e as guerras entre povos que defen...
Nunca tomei nenhum, mas se precisasse e se me pude...
Caro João,Fiz um link para o seu blog convidando-o...
Cada dedo das mãos e dos pés é uma dezena .
As crónicas não dizem muito sobre o lado escuro de...
Pertinente em altura de eleições...
Vou ficar atenta!
Cá pelas nossas bandas são bem mais que 40
Vou editar a biografia de todos os reis de Portuga...
blogs SAPO
RSS