Conhece-te a ti mesmo... se puderes.

Sábado, 23 de Agosto de 2014
Uma luz ao fundo do tunel

 

 

 

Finalmente, depois de um ano de procura, eu e a minha mulher conseguimos arranjar um fornecedor de canábis. Trata-se de um produto natural que, por imposição de alguns lóbis, industria farmacêutica, médicos e outros, encontra-se ilegalizada em muitos países.

Há cerca de seis anos que a minha mulher sofre de neuropatia periférica, uma doença rara, que se tem agravado progressivamente. A neuropatia provoca dor crónica e não existe medicação especifica, os últimos dois anos foram dramáticos, com a dor a aumentar em crescendo.

Estando cientificamente provado que o canábis diminui a dor em muitas doenças é quase criminoso que a sua venda seja proibida: milhares e milhares de doentes sofrem desnecessariamente de vários tipos de dor, incluindo a dor crónica. Também os doentes terminais estão impedidos de morrer com dignidade e sem dor.

É um problema humanitário que uma nuvem de interesses ocultos e de hipócrisia cumplice mantem na ilegalidade: é uma imoralidade sem perdão.



publicado por pimentaeouro às 01:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito (1)
|

Sábado, 22 de Junho de 2013
Derrobar monumentos

 


Diz um ditado popular que não devemos construir monumentos que não consigamos derrubar, dito de outra forma, não devemos criar forças que não consigamos controlar, mas o planeta está cheio de construções que não conseguimos derrubar: o exemplo mais simples é a criação do dinheiro que não dominamos. 

Finalmente, temos um Frankeinstein português e já vem atrasado. Cientistas da Universidade de Aveiro conseguiram alterar o código genético das células do fungo Candida albicans, conseguiram fazer em laboratório, no período de 4 anos, o que a natureza fez em centenas de milhões de anos.

Esta descoberta extraordinária de dois pequenos grãos de areia: ninguém sabe como reagirão, a médio prazo, as células modificadas: ninguém pode garantir que não será utilizada para fins perversos. A história da Ciência está cheia de pequenos e grandes Frankeinstein que sempre nos garantiram que as suas descobertas eram para o bem da humanidade, pelo que esta deveria estar salva há muitas décadas.

A ciência não pode viver sem ética e nenhuma instituição, cientifica ou não, garante que esse escrutínio aconteça.

O pequeno texto que segue trata desse dilema: 

 

"Pensando na situação de Frankeinstein, pode-se mesmo questionar os limites da ciência até onde ela deve ir e até onde pode se intrometer no curso natural das coisas, há limites ? quais são ? quem determina ?
Aparentemente Mary Shelley quis sim demonstrar que para tudo e principalmente pela busca do poder, seja na forma que for, mesmo de criar e desenvolver o dom de gerar a vida, há limites. "


Read more at http://decoisasporai.blogspot.com/2013/02/resenha-frankenstein-de-mary-shelley.html#4jRcOqQTbUloY7kz.99 



publicado por pimentaeouro às 00:46
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
posts recentes

Uma luz ao fundo do tunel

Derrobar monumentos

arquivos
tags

???

ambição

amizade

amor

animais

antropologia

armas

arquitectura

arte

arte biografias

astronomia

ballet

biografias

biologia

blogues

café curto

carttons

ciência

cinema

civilização

clima

comunicação social

corrupção

criminosos

crise financeira

demagogia

demência

demografia

descobrimentos

desemprego

destino

diversos

doenças

dor

economia

eleiçoes

ensaio

ensino

escravatura

escultura

estado

estupidez

eternidade

ética

eu

eutanásia

evolução

família

filosofia

futebol

genocídio

governo

greves

guerra

história

incendios florestais

inquisição

internacional

justiça

literatura

livros

memória

miséria

morte

mulher

mulheres célebres

musica

natureza

natureza humana

paisagens

paleontologia

partidos políticos

patologia ideológica

pátria

pintura

planeta terra

pobreza

poesia

politica

regime político

religião

saudade

saúde

segurança social

sentimentos

sexo

sindicatos

sociedade

sonhos

tecnologia

terrorismo

terrorismo de estado

testamento vital

tristeza

união europeia

universo

velhice

vida

violência

xadrez

todas as tags

favoritos

É xenofobia sim.

Um fantasma

Arte de furtar

Deus existe? #2

Para onde vou?

Sou um San

O Século xx Português

Pater Famílias

Avesso dos Lusíadas #2

links
últ. comentários
Sabia da estratégia do contar das histórias, mas n...
Que seja um bom dia.
Pertence à literatura medieval alemã. Frades liber...
Que maravilha para começar o dia!!!
Teve a sorte de ter uma boa professora e declamado...
Gosto muito deste poema.Tive a sorte de no 10º e n...
Já os vi na televisão e em sonhos :)
Mas teve o trabalho de pesquisa ;)
blogs SAPO
RSS