Conhece-te a ti mesmo... se puderes.

Quarta-feira, 20 de Março de 2013
Pantomina

 

 

 

Só pode ser. A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou, por unanimidade, que o dia 20 de Março é o Dia Internacional da Felicidade. Felicidade para todos, assim, por decreto.

Num planeta minado por enormes desigualdades sociais: milhares morrem se fome: 1.200.000 – um quinto da população mundial - «vivem» com menos de um dólar por dia, em pobreza estrema: milhares de refugiados das guerras sem sentido dos senhores da guerra, sem lei nem Estado, vivem em tendas onde falta de tudo e outros milhares que foram mortos.

Onde está a felicidade dos povos de África, do Médio Oriente, da América Latina, de países do Sudeste Asiático e da ex-URSS, dos milhares de desempregados dos países do Norte?

( só a Europa consome gastam-se 18 mil milhões de dólares em cosméticos, 15 mil milhões em perfumes, 14 mil milhões em cruzeiros transatlânticos, 11 mil milhões em gelados!)

Como este despautério foi aprovado por unanimidade na ONU só podemos concluir que o planeta é governado por lunáticos.


tags:

publicado por pimentaeouro às 23:12
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Segunda-feira, 15 de Outubro de 2012
Os sem abrigo

Os sem abrigo já fazem parte da paisagem citadina. Para nós são quase invisíveis e só, ocasionalmente, reparamos nalgum a dormir num qualquer espaço que tenha uma nesga de cobertura.

Alguns municípios organizam operações especiais de apoio, quando ocorrem descidas anormais de temperatura e tudo regressa à «normalidade». A maioria dos sem abrigo recusa a oferta, reduzida, de camas e preferem continuar a dormir na rua: a sua auto-estima deve ter descido ao grau zero do interesse pela vida.

Em muitas casas degradadas e barracas, vivem muitos mais, em condições que não são muito diferentes da rua. Também estes são invisíveis para nós.

Estou a falar de condições de vida (?) cuja degradação e desumanidade não sei conceber, apenas algo me diz que não deviam existir.

Talvez porque tudo isto se passa longe da nossa experiência, logo não faz parte da nossa vida, nenhum governo resolveu o problema até hoje nem faz parte dos programas partidários: é outro mundo que não é o nosso.

Com a crise e o inverno à porta, este problema só irá agravar-se.  

 



publicado por pimentaeouro às 15:10
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
posts recentes

Pantomina

Os sem abrigo

arquivos
tags

???

ambição

amizade

amor

animais

antropologia

armas

arquitectura

arte

arte biografias

astronomia

ballet

biografias

biologia

blogues

café curto

carttons

ciência

cinema

civilização

clima

comunicação social

corrupção

criminosos

crise financeira

demagogia

demência

demografia

descobrimentos

desemprego

destino

diversos

doenças

dor

economia

eleiçoes

ensaio

ensino

escravatura

escultura

estado

estupidez

eternidade

ética

eu

eutanásia

evolução

família

filosofia

futebol

genocídio

governo

greves

guerra

história

incendios florestais

inquisição

internacional

justiça

literatura

livros

memória

miséria

morte

mulher

mulheres célebres

musica

natureza

natureza humana

paisagens

paleontologia

partidos políticos

patologia ideológica

pátria

pintura

planeta terra

pobreza

poesia

politica

regime político

religião

saudade

saúde

segurança social

sentimentos

sexo

sindicatos

sociedade

sonhos

tecnologia

terrorismo

terrorismo de estado

testamento vital

tristeza

união europeia

universo

velhice

vida

violência

xadrez

todas as tags

favoritos

Só verão

Rouxinol

Tormenta

Razão

Fogueira

Um fantasma

Arte de furtar

Deus existe? #2

Para onde vou?

Sou um San

links
últ. comentários
Nada podemos fazer para os salvar de uma catástrof...
E ler isto, faz-me pensar que ainda bem que já cá ...
Quando era jovem assisti a cenas dramáticas na Naz...
Acabei de ler e publicar sobre "uma fenda na mural...
e ele coitado deve estar a achar isso uma chatice
Não tinha essa noção! É pena quando nem na velhice...
Obrigado.
As chamadas consultas da dor apenas tratam dores d...
Obrigado.
Obrigado.
blogs SAPO
RSS