Conhece-te a ti mesmo... se puderes.
Sábado, 14 de Novembro de 2015
Terrorismo

 

Veio para ficar, ninguém sabe até quanto. O ódio ao Ocidente tem causas objectivas embora remotas: décadas de políticas desastrosas praticadas pelos países Ocidentais, França, Inglaterra, Alemanha menos mas também, que visavam a exploração dos recursos , principalmente petróleo, alianças com monarquias teocráticas nos países do Próximo Oriente, conjuntamente com a memória de um passado de grandeza, uma interpretação radical do Corão, formam o caldo de cultura do jiadismo.

Elevadas taxas de população jovem, sem futuro nem esperança, garantem um base de recrutamento fácil, doutrinados, treinados, bem pagos, tornam facilmente qualquer jovem num terrorista, a mocidade é a época dos ilusões, um clero retrogrado e fundamentalista que não diz uma palavra a condenar os actos terroristas, financiamento generoso de magnatas árabes e de regimes teocráticos, alimentam as redes terroristas.

Por cá, a livre circulação de capitais, de bens e de pessoas não tem só vantagens, tem vários inconvenientes, potencia os actos ilícitos, o crime económico, etc. ; a abolição de fronteiras facilita a livre circulação, entre países, de elementos terroristas; a descoordenação na partilha de informação das diversas polícias, a reduzida experiencia das policias em vigiar elementos terroristas, são tudo vantagens para quem vive à margem da lei.

Que fazer? Gostava de saber.



publicado por pimentaeouro às 19:18
link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De Mãe Maria a 16 de Novembro de 2015 às 15:35
é muito triste o ser humanao aproveitar, o que seria bom para ele, e usar os benefícios para fazer o mal. Enfim, é o mundo que temos.


De pimentaeouro a 17 de Novembro de 2015 às 23:08
É ódio na sua expressão mais preserva .


De Kruzes Kanhoto a 17 de Novembro de 2015 às 18:54
Também não sei o que fazer para combater isto mas, se calhar, acolher só e apenas que respeitasse os nossos costumes era capaz de ser um bom principio. Acolher uma cultura que nos é hostil é que, de certeza, não ajuda nada.


De pimentaeouro a 17 de Novembro de 2015 às 23:06
Os jiadistas são minorias radicalizadas que odeiam o Ocidente. Gostava de perceber o que se passa na cabeça de alguém que massacra pessoas indefesas sem qualquer sentimento de culpa, apenas ódio.
O Ocidente acordou tarde para esta forma de terrorismo.
Como se resolve, sinceramente, não sei.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
posts recentes

Raríssimo ou talvez não.....

IRMÃO HOMEM

O piolho viajante

D. Manuel I

Eternidade #3

Cuidado com a Ana

As sete maravilhas

Por este rio acima

Albinoni

Beethoven

arquivos
tags

???

ambição

amizade

amor

animais

antropologia

armas

arquitectura

arte

arte biografias

astronomia

aves

ballet

biografias

biologia

blogues

café curto

ciência

cinema

civilização

clima

corrupção

criminosos

crise financeira

demagogia

demência

demografia

descobrimentos

desemprego

destino

diversos

doenças

dor

economia

eleiçoes

ensino

escravatura

escultura

estado

estupidez

eternidade

ética

eu

eutanásia

evolução

família

filosofia

futebol

genocídio

governo

greves

guerra

história

incendios florestais

inquisição

internacional

justiça

literatura

livros

memória

miséria

mitologia

morte

mulher

mulheres célebres

musica

natureza

natureza humana

paisagens

paleontologia

partidos políticos

patologia ideológica

pátria

pintura

planeta terra

pobreza

poesia

politica

regime político

religião

saudade

saúde

segurança social

sentimentos

sexo

sindicatos

sociedade

sofrimento

sonhos

tecnologia

terrorismo

terrorismo de estado

testamento vital

tristeza

união europeia

universo

velhice

vida

violência

xadrez

todas as tags

favoritos

Apenas

Esperança

A rapariga que roubava fl...

Nada é em vão

De amor nua

Vazio

Uma criança

Um fantasma

Arte de furtar

Deus existe? #2

links
últ. comentários
Valeu-nos os Espanhóis andarem entretidos com as g...
Já fiz o luto da minha primeira mulher. Agora rest...
... Agora é menos bonita. A velhice tem muitos inc...
O acaso é o grande fazedor de vidas, dramas, felic...
Viveu e Vive de forma tão bonita!*
Como pode um episódio tão doce ter um final tão dr...
Amigo João,Não sei encontrar palavras para si, por...
Interessante, gosto muito de história,
Interessante, gostei de ler o seu post.
blogs SAPO
RSS