Conhece-te a ti mesmo... se puderes.
Terça-feira, 9 de Abril de 2013
A dor

 

 



Dizem que é subjectiva e que cada um de nós tem uma percepção diferente da sua intensidade, uma capacidade de resistência diferente aos seus ataques , e também uma forma diferente de a manifestar.

Parece que a medicina criou uma escala ou parâmetros para medir a dor com alguma objectividade, o que deve ser importante para aliviar o sofredor.

Disse-me um médico que há doentes «bons» e doentes «maus», doentes que suportam a dor com estoicismo e procurando não afligir aqueles que estão à sua volta e doentes egoístas que desejam martirizar quem os ajuda, que querem que sofram como eles.

Pondo de parte as minhas dores, que as tive, a minha principal experiência da dor é assistir quotidianamente, há cerca de quatro anos, ao sofrimento da minha mulher: dor neuropática periférica (nas duas pernas).

A doença tem-se agravado – e as dores -, principalmente, nos últimos meses. Quatro anos com limitações acrescidas e de infelicidade. Não posso evitar uma angustia que me persegue, até onde terei capacidade para resistir a este calvário.


tags: ,

publicado por pimentaeouro às 21:40
link do post | comentar | favorito

7 comentários:
De Fátima Soares a 9 de Abril de 2013 às 14:39
Meu amigo! Fiquei muito triste ao ler este seu post , embora já soubesse da vossa situação é sempre ingrato sabermos que quem gostamos sofre e vê-lo assim escrito ainda pior. Há doentes que sofrem em silêncio e têm um riso nos lábios até ao fim. Outros que moem e exigem e martirizam os outros (infelizmente não por mal) mas porque não aceitam que aquilo que tenha acontecido a eles e todos os outros estejam bem e felizes o que é uma certa forma de maldade. Meu querido amigo, desejo-lhe muita força e para a esposa também. Que se torne sempre suportável dentro do possível e que ambos possam encontrar um no outro e nos amigos e restante família o amparo necessário para conseguir um pouco de vida condicionada mas ainda assim que vos possa deixar bem. Um grande abraço e um beijinho aos dois com muito carinho e amizade. Uma boa semana e força muita força. Obrigado por ainda assim me visitar.


De pimentaeouro a 10 de Abril de 2013 às 13:31
Com a idade que tenho não sei até quando poderei suportar esta situação que causa um grande desgaste.
Obrigado pelo seu cuidado e atenção.
Um abraço.


De golimix a 9 de Abril de 2013 às 21:01
Tento sempre que ninguém note a dor que tenho, mas há alturas em que devido à sua intensidade é difícil suportá-la e escondê-la, até porque de forma inconsciente surge um certo estado de irritabilidade, tento por isso isolar-me quando a intensidade aumenta, um sinal para quem me é próximo. Não considero, no entanto, que existam bons ou maus doentes no que respeita à sua tolerância , pergunto-me se algum médico que diz que há maus doentes porque não suportam a dor saberão na realidade o que será ter dor tanto tempo! Há muitas variáveis a considerar no processo de aceitação de dor crónica e é difícil ajudar alguém que tem dor! E sobretudo compreende-lo. Podem existir doentes mais resistentes à esperança desiludidos com o acompanhamento,.....


Difícil para quem acompanha a pessoa de perto...


Image


De pimentaeouro a 11 de Abril de 2013 às 21:36
Cara amiga,
Não padeço de dor crónica e não posso avaliar o que isso é.
Só tenho a experiência da dor da minha mulher e os sentimentos que isso me provoca.
Os «maus» doentes ou difíceis existem e acham que os outros também devem sofre: isto eu sei que é verdade.
Um grande abraço.
Image


De golimix a 12 de Abril de 2013 às 19:51
Tento não julgar demasiado os outros.
Acho só que há pessoas de mais fácil trato do que outras, mas todas têm a sua história por trás que pode influenciar o seu comportamento e forma como lida com as coisas, incluindo a dor.

Image


De Universo de Paralelos a 11 de Abril de 2013 às 00:19
Enquanto e vires perto de ti, a olhar para si, sem se queixar, como uma doente "boa", vai aguentar tudo o que estiver para vir, essa é a certeza que deve ter...


Siga o blog Universo de Paralelos, teríamos todo o gosto em ser seus companheiros de blogosfera!


De pimentaeouro a 11 de Abril de 2013 às 21:37
Agradeço o comentário e o convite.
Infelizmente estou numa fase que não me permite colaborar.
Cumprimentos


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
posts recentes

...

Adriano

Não estamos sós

J 0023

Relogio do Apocalipse

anoma qualquer coisa

Delfos

Evolução ?

3.800 milhões de anos

Xerazade

arquivos
tags

???

ambição

amizade

amor

animais

antropologia

armas

arquitectura

arte

arte biografias

astronomia

ballet

biografias

biologia

blogues

café curto

carttons

ciência

cinema

civilização

clima

corrupção

criminosos

crise financeira

demagogia

demência

demografia

descobrimentos

desemprego

destino

diversos

doenças

dor

economia

eleiçoes

ensino

escravatura

escultura

estado

estupidez

eternidade

ética

eu

eutanásia

evolução

família

filosofia

futebol

genocídio

governo

greves

guerra

história

incendios florestais

inquisição

internacional

justiça

literatura

livros

memória

miséria

mitologia

morte

mulher

mulheres célebres

musica

natureza

natureza humana

paisagens

paleontologia

partidos políticos

patologia ideológica

pátria

pintura

planeta terra

pobreza

poesia

politica

regime político

religião

saudade

saúde

segurança social

sentimentos

sexo

sindicatos

sociedade

sofrimento

sonhos

tecnologia

terrorismo

terrorismo de estado

testamento vital

tristeza

união europeia

universo

velhice

vida

violência

xadrez

todas as tags

favoritos

Anjo

Enamorados

Sonhar

Podem...

Voz da alma

Mentira

Escrever

À luz da lua

Meu amor

Dilemas

links
últ. comentários
Já receava que fosse essa a razão para ter deixado...
Caros bloguers,Encontrei este blog há dias por aca...
Já não era sem tempo!!!
E para quando um novo post por aqui?Tenho sentido ...
Gostei
Igualmente para si e sua família com muitas amend...
E hoje estou a passar por aqui para desejar uma Bo...
Por vezes mais vale consolidar o que já se tem em ...
Felizmente ou não, não estaremos cá para ver.
blogs SAPO
RSS