De Fátima Soares a 9 de Abril de 2013 às 14:39
Meu amigo! Fiquei muito triste ao ler este seu post , embora já soubesse da vossa situação é sempre ingrato sabermos que quem gostamos sofre e vê-lo assim escrito ainda pior. Há doentes que sofrem em silêncio e têm um riso nos lábios até ao fim. Outros que moem e exigem e martirizam os outros (infelizmente não por mal) mas porque não aceitam que aquilo que tenha acontecido a eles e todos os outros estejam bem e felizes o que é uma certa forma de maldade. Meu querido amigo, desejo-lhe muita força e para a esposa também. Que se torne sempre suportável dentro do possível e que ambos possam encontrar um no outro e nos amigos e restante família o amparo necessário para conseguir um pouco de vida condicionada mas ainda assim que vos possa deixar bem. Um grande abraço e um beijinho aos dois com muito carinho e amizade. Uma boa semana e força muita força. Obrigado por ainda assim me visitar.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres