Conhece-te a ti mesmo... se puderes.
Segunda-feira, 27 de Maio de 2013
Paraísos
http://www.oxfam.org/sites/www.oxfam.org/files/imagecache/space_fullwidth/pressrelease/tax-havens-cayman-island-620x350.jpg

 

Há muitos. Para nós, ocidentais, o mais importante é o paraíso de Adão, Eva, a serpente, e essas histórias infantis da Bíblia, mas estamos redondamente enganados, já veremos porquê. Os muçulmanos têm o seu paraíso com 700 virgens, ou muito mais, à espera de cada crente. Haverá outros párisos, algures no céu, que a minha modesta sabedoria não atingem.

 Todavia, os bons paraísos encontram-se sediados na terra. À cabeça, os paraísos fiscais que recolhem no seu seio as empresas offshore, depois os paraísos dos Emiratos Árabes, autenticas histórias de Xerazade, as ilhas paradísicas do Pacífico, mais modestos os hotéis de luxo, os condomínios de luxo, com as suas limusines na garagem, etc. etc.

 É na terra que existem os melhores paraísos e as histórias que nos contaram na infância, são isso mesmo, histórias para adormecer.  

 Existem paraísos em quase todo o planeta, na Europa à vários: impostos perto do zero, sigilo bancário à prova de bala, nunca se pergunta de onde vem o dinheiro, uma maravilha!   

Chega de brincadeira que o assunto é sério, muito sério mesmo.  A organização não-governamental Oxfam  

estima que se encontram acumulados em paraísos fiscais cerca, ou talvez mais, 14 biliões de euros (14.000.000.000.000). Esta verba astronómica representa uma fuga aos impostos de cento e vinte milhões de euros (120.000.000.000) de euros, metade daquele valor chegava para erradicar a fome extrema em todo o planeta e a outra metade poderia reverter para programas sociais.

 Este tsunami financeiro é filho legítimo da globalização e esta deu origem a diferenças sociais como nunca existiram no mundo: a globalização esvasia os Estados de uma parte da sua soberania e é igual a desastre social.  

Todas as tentativas, até agora, de erradicar os paraísos fiscais, caíram em saco roto dos governos dos países mais ricos do mundo (G20) e normalmente estas coisas tem relações de causa e efeito muito estreitas.

 



publicado por pimentaeouro às 13:23
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Xana a 27 de Maio de 2013 às 13:35
É triste mas infelizmente a pura verdade :( 


Bjs 
Dois Mundos 


De Carlos a 27 de Maio de 2013 às 18:12
Por isso mesmo estamos como estamos. Um mundo podre que aos poucos abala e destrói a economia europeia e do resto do mundo.


De pimentaeouro a 27 de Maio de 2013 às 21:51
Assino por baixo.
Cumprimentos.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
posts recentes

...

Adriano

Não estamos sós

J 0023

Relogio do Apocalipse

anoma qualquer coisa

Delfos

Evolução ?

3.800 milhões de anos

Xerazade

arquivos
tags

???

ambição

amizade

amor

animais

antropologia

armas

arquitectura

arte

arte biografias

astronomia

ballet

biografias

biologia

blogues

café curto

carttons

ciência

cinema

civilização

clima

corrupção

criminosos

crise financeira

demagogia

demência

demografia

descobrimentos

desemprego

destino

diversos

doenças

dor

economia

eleiçoes

ensino

escravatura

escultura

estado

estupidez

eternidade

ética

eu

eutanásia

evolução

família

filosofia

futebol

genocídio

governo

greves

guerra

história

incendios florestais

inquisição

internacional

justiça

literatura

livros

memória

miséria

mitologia

morte

mulher

mulheres célebres

musica

natureza

natureza humana

paisagens

paleontologia

partidos políticos

patologia ideológica

pátria

pintura

planeta terra

pobreza

poesia

politica

regime político

religião

saudade

saúde

segurança social

sentimentos

sexo

sindicatos

sociedade

sofrimento

sonhos

tecnologia

terrorismo

terrorismo de estado

testamento vital

tristeza

união europeia

universo

velhice

vida

violência

xadrez

todas as tags

favoritos

Anjo

Enamorados

Sonhar

Podem...

Voz da alma

Mentira

Escrever

À luz da lua

Meu amor

Dilemas

links
últ. comentários
Já receava que fosse essa a razão para ter deixado...
Caros bloguers,Encontrei este blog há dias por aca...
Já não era sem tempo!!!
E para quando um novo post por aqui?Tenho sentido ...
Gostei
Igualmente para si e sua família com muitas amend...
E hoje estou a passar por aqui para desejar uma Bo...
Por vezes mais vale consolidar o que já se tem em ...
Felizmente ou não, não estaremos cá para ver.
blogs SAPO
RSS