Conhece-te a ti mesmo... se puderes.
Quarta-feira, 16 de Outubro de 2013
Do blogue Nação Valente

O efeito Malala

por Naçao Valente, em 11.10.13

 

Fé no saber

 

Uma criança, um professor, uma caneta e um livro e mudamos o mundo .

                                                 Malala Yousafzai, prémio Sakharov

 

 

Com uma lucidez invejável e rara na sua idade esta jovem muçulmana pôs o dedo na ferida. Como a história, ela própria desvalorizada nos mostra, as grandes saltos civilizacionais são feitos pela cultura. Convêm lembrar que a grande aventura humana rumo ao progresso começou com a invenção da escrita. O principal legado da pré-Antiguidade é o alfabeto. A grande herança da Antiguidade sãos os avanços culturais da Grécia. O que de melhor nos ficou da Idade Média foi a preservação da cultura clássica nos círculos fechados do monaquismo. Foi com esse legado que no Renascimento se construíram os alicerces das sociedades modernas. Aí se gerou o liberalismo e se foram germinando as bases do humanismo. 

 

O Islão após a sua fase de grande desenvolvimento cultural caiu numa idade de trevas de que nunca mais saiu. A  casta dirigente percebeu que só se pode perpetuar ad eternum montada na ignorância. Daí que mantenham os seus povos presos de fundamentalismos religiosos ancestrais. O conhecimento continua capturado por elites poderosas que o escondem da maioria da população. Nestas sociedades teocráticas um dos grupos mais afastados do saber são as mulheres. Os detentores do poder sabem que no dia em que se alargar o acesso ao conhecimento a todos  acontecerá uma verdadeira revolução democrática.

 

 

Malala com a sua visão iluminada, a sua determinação, a sua coragem num contexto extremamente adverso, está a travar uma luta sem tréguas contra o obscurantismo. Será apenas e ainda uma pequena fagulha, incapaz de atear uma grande fogueira num terreno hostil, mas pode acender outros pequenos fogos, replicando outras "malalas", que mobilizem consciências empedernidas. Creio que será um processo longo mas seguramente imparável e que não deixará, também, de ter reflexos nas sociedades ocidentais, reféns de interesses obscuros e em constante regressão civilizacional. Contrariamente aos neo-profetas da desgraça, aos zeladores do primado dos mercados, Malala está a demonstrar que a construção de um mundo mais justo passa, como sempre passou, pelo generalização do conhecimento. Bem haja.

 



publicado por pimentaeouro às 20:57
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
posts recentes

...

Adriano

Não estamos sós

J 0023

Relogio do Apocalipse

anoma qualquer coisa

Delfos

Evolução ?

3.800 milhões de anos

Xerazade

arquivos
tags

???

ambição

amizade

amor

animais

antropologia

armas

arquitectura

arte

arte biografias

astronomia

ballet

biografias

biologia

blogues

café curto

carttons

ciência

cinema

civilização

clima

corrupção

criminosos

crise financeira

demagogia

demência

demografia

descobrimentos

desemprego

destino

diversos

doenças

dor

economia

eleiçoes

ensino

escravatura

escultura

estado

estupidez

eternidade

ética

eu

eutanásia

evolução

família

filosofia

futebol

genocídio

governo

greves

guerra

história

incendios florestais

inquisição

internacional

justiça

literatura

livros

memória

miséria

mitologia

morte

mulher

mulheres célebres

musica

natureza

natureza humana

paisagens

paleontologia

partidos políticos

patologia ideológica

pátria

pintura

planeta terra

pobreza

poesia

politica

regime político

religião

saudade

saúde

segurança social

sentimentos

sexo

sindicatos

sociedade

sofrimento

sonhos

tecnologia

terrorismo

terrorismo de estado

testamento vital

tristeza

união europeia

universo

velhice

vida

violência

xadrez

todas as tags

favoritos

Anjo

Enamorados

Sonhar

Podem...

Voz da alma

Mentira

Escrever

À luz da lua

Meu amor

Dilemas

links
últ. comentários
Já receava que fosse essa a razão para ter deixado...
Caros bloguers,Encontrei este blog há dias por aca...
Já não era sem tempo!!!
E para quando um novo post por aqui?Tenho sentido ...
Gostei
Igualmente para si e sua família com muitas amend...
E hoje estou a passar por aqui para desejar uma Bo...
Por vezes mais vale consolidar o que já se tem em ...
Felizmente ou não, não estaremos cá para ver.
blogs SAPO
RSS