Conhece-te a ti mesmo... se puderes.
Terça-feira, 29 de Outubro de 2013
2.025

Sócrates recusou até ao último dia aceitar que estávamos em bancarrota. Até á chegada do FMI nunca qualquer partido político ou qualquer governo alertou o país para o desastre das contas públicas e da dívida.

Guterres quando se demitiu em  2.002 limitou-se a dizer que existia o pântano, sem indicar a fauna que o habitava, Durão Barroso limitou-se a dizer que o país estava de tanga e logo que pode raspou-se para Bruxelas e Cavaco Silva referiu-se uma única vez ao monstro, de que ele é co-autor.

Aqueles, poucos, como Medina Carreira e outros que denunciavam o desastre das contas públicas e da economia, eram considerados cassandras de mau agoiro e votados ao esquecimento.

Quando os políticos abandonam o poder algo vai mal no reino da Dinamarca mas estes sinais discretos não foram suficientes para sabermos o que se passava, para o buraco que nos esperava, porque ninguém queria dar as más noticias: não rendem votos o que é uma perversidade    do regime democrático, ganham-se votos com promessas de farturas; quem dá mais a quem é o que queremos ouvir, pelo que também não podemos queixarmos de termos sido ludibriados.

Os políticos responsáveis pelo regabofe dos últimos 25 anos continuam a usufruir das suas mordomias sem que tivessem sido julgados pela sua responsabilidade na governação desastrosa e nalguns casos, corrupta que atirou o país para a banca rota.

No livro " Mão do Diabo", de José Rodrigues dos Santos, o Tribunal Penal Internacional tenta julgar, por crimes contra a humanidade, os especuladores financeiros e os seus cumplices político pela crise de 2.008 que abalou o Ocidente e que já chegou até nós.

Como se tudo isso não bastasse temos outra conspiração do silêncio. Ninguém tem  a coragem de dizer que a austeridade, e o seu cortejo de miséria e  dramas, ainda agora começou, que será bem mais profunda e que teremos austeridade por 10 anos ou mais. Todos sabem mas nenhum partido se atreve a abrir a boca, não rende votos.

A  democracia está muito doente. Não é apenas pela destruição dos direitos e pelo alastramento da miséria, é pelo cinismo dos seus autores.



publicado por pimentaeouro às 12:50
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De pimentaeouro a 29 de Outubro de 2013 às 19:34
E ainda continuamos a chamar a isto uma democracia. Já não é.
Abraço.
Image


De golimix a 30 de Outubro de 2013 às 17:48
Anda disfarçada a tipa!


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
posts recentes

...

Adriano

Não estamos sós

J 0023

Relogio do Apocalipse

anoma qualquer coisa

Delfos

Evolução ?

3.800 milhões de anos

Xerazade

arquivos
tags

???

ambição

amizade

amor

animais

antropologia

armas

arquitectura

arte

arte biografias

astronomia

ballet

biografias

biologia

blogues

café curto

carttons

ciência

cinema

civilização

clima

corrupção

criminosos

crise financeira

demagogia

demência

demografia

descobrimentos

desemprego

destino

diversos

doenças

dor

economia

eleiçoes

ensino

escravatura

escultura

estado

estupidez

eternidade

ética

eu

eutanásia

evolução

família

filosofia

futebol

genocídio

governo

greves

guerra

história

incendios florestais

inquisição

internacional

justiça

literatura

livros

memória

miséria

mitologia

morte

mulher

mulheres célebres

musica

natureza

natureza humana

paisagens

paleontologia

partidos políticos

patologia ideológica

pátria

pintura

planeta terra

pobreza

poesia

politica

regime político

religião

saudade

saúde

segurança social

sentimentos

sexo

sindicatos

sociedade

sofrimento

sonhos

tecnologia

terrorismo

terrorismo de estado

testamento vital

tristeza

união europeia

universo

velhice

vida

violência

xadrez

todas as tags

favoritos

Anjo

Enamorados

Sonhar

Podem...

Voz da alma

Mentira

Escrever

À luz da lua

Meu amor

Dilemas

links
últ. comentários
Já receava que fosse essa a razão para ter deixado...
Caros bloguers,Encontrei este blog há dias por aca...
Já não era sem tempo!!!
E para quando um novo post por aqui?Tenho sentido ...
Gostei
Igualmente para si e sua família com muitas amend...
E hoje estou a passar por aqui para desejar uma Bo...
Por vezes mais vale consolidar o que já se tem em ...
Felizmente ou não, não estaremos cá para ver.
blogs SAPO
RSS