4 comentários:
De Cris a 17 de Fevereiro de 2015 às 14:23
A comunidade internacional tem que se juntar para pôr cobro a esta barbárie!


De pimentaeouro a 17 de Fevereiro de 2015 às 21:02
É uma guerra atípica, sem fronteiras e de inimigos sem rosto.
A U.E sem fronteiras é a porta aberta para os jihadistas e a cooperação entre policias dos vários paises e serviços secretos tem que ser reforçada.


Comentar post