8 comentários:
De A rapariga do autocarro a 8 de Janeiro de 2018 às 09:56
Devemos sempre manter a força, mas custa encarar os dias quando alguém assim próximo sofre. Daqui envio um abraço de esperança.


De pimentaeouro a 8 de Janeiro de 2018 às 17:42
Obrigado.


De Malik a 8 de Janeiro de 2018 às 19:13
Tudo tem uma razão de ser, logo há motivo(s) para estarmos cá.
Acredito sim que se trata de mais uma doença maldita! Penso que as dores não serão sempre as mesmas mas creio ser altamente incapacitante.
Um abraço solidário na esperança de melhores dias chegarem!


De pimentaeouro a 8 de Janeiro de 2018 às 19:51
Esta doença maldita, crónica, dói sempre não tem cura nem tratamento.
A minha mulher e eu vivemos uma tragédia sem esperança.


De Malik a 8 de Janeiro de 2018 às 20:35
A esperança é a última coisa a perder!
Há inovações constantes na medicina!
Um abraço.


De pimentaeouro a 9 de Janeiro de 2018 às 12:36
As inovações levam tempo a ser aplicadas de forma generalizada.
Obrigado.


De Ametista a 9 de Janeiro de 2018 às 00:54
Amigo João,

Gostava tanto de transmitir-lhe um pouco de esperança para este ano, mas venho encontrá-lo profundamente triste e fico sem palavras...

Deixo-lhe um abraço de força


De pimentaeouro a 9 de Janeiro de 2018 às 12:35
Obrigado.
Desejo-lhe um bom Ano Novo.


Comentar post