7 comentários:
De redonda a 22 de Março de 2016 às 17:30
Vou só deixar um beijinho porque não sei o que dizer.
Gábi


De pimentaeouro a 24 de Março de 2016 às 11:37
Obrigado. Não há palavras.


De Ametista a 28 de Março de 2016 às 23:11
Caro amigo João,
Lamento profundamente o drama que se abateu sobre as vossas vidas. Não tenho mais palavras...
Deixo um abraço de força


De pimentaeouro a 30 de Março de 2016 às 21:08
Cara amiga Leonor,
Agradeço as suas palavras de conforto. A sua saúde como vai?
Desejo que as palavras, a imaginação e a fantasia regressem cedo.
Um grande abraço.


De Ametista a 3 de Abril de 2016 às 01:52
Amigo João,
Eu vou andando bem, comparada consigo. Importante é saber se o João se encontra bem, dentro da medida do possível. Gostava de ter palavras certas de conforto para si, mas não consigo encontrá-las. É uma situação demasiado delicada..
Desejo-lhe dias melhores, mesmo que lhe possa parecer utópico.
Grande abraço


De Filipa a 22 de Novembro de 2016 às 18:11
Boa tarde

Sou doente seguida em vários médicos e especialidades mas principalmente como em auto imunes não estão a dar resposta a minha situação acabei por desenvolver dor neuropatica crônica seguida há dois anos na consulta da dor mas até agora sem ajuda por mais tentativas e neste momento acabo de entrar numa sem precedentes dai pela primeira vez ter vindo ao Google e colocar pelo primeira vez a keyword : tratamento inovador dor neuropatica e aparece me este blog no início vejo os seus post e vejo me na situação da sua mulher não quero partilhar a minha dor convosco sei que já é difícil imaginável aturar a nossa e cmo não se vê ainda temos que fingir extremo interesse quando alguém desabafa connosco porque está com problemas a sério estou sozinha a três anos a fingir ser uma sombra do que fui p todos andarem felizes... Mas enfim vi que além de mim... Também tenho um João aqui em casa que não fala muito nem partilha muito o que pensa talvez consigo que é quem o melhor para o entender do que eu , talvez ele falasse... Se tiver disponibilidade contacte me e se a sua esposa tiver alguma energia para comunicar com uma jovem com um filho de 5anos que já não tem mais alternativas s não recorrer uma estranha.. Agradeço -vos se não ... Desejo-vos tudo de bom a mesma e que pelo menos encontre algum dia algo medicamento ou não que torne tudo mas suportável já seria bom muita energia positiva e esperança seja lá de ond for que a vai buscar !!! A minha vem quase toda de um filho supostamente impossível é lindo de 5aninhos !!!


De pimentaeouro a 23 de Novembro de 2016 às 18:25
Boa noite,
Pelo que tenho dentro de casa faço uma ideia do seu sofrimento.
A minha mulher também andou na consulta da dor mas concluímos que não têm experiência da dor neuropática e um conhecimento muito limitado sobre doenças neurológicas.
A minha mulher é acompanhada no Hospital da Luz pelo neurologista (este tipo de doença só pode ser tratado por neurologistas) Prof. José Ferro.
Quando sentir necessidade de desabafar pode contactar-me.
Ao seu dispor.



Comentar post