5 comentários:
De A rapariga do autocarro a 12 de Dezembro de 2014 às 20:33
Estamos condenados à auto-extinção!


De pimentaeouro a 14 de Dezembro de 2014 às 21:41
De uma forma ou de outra não há saida, é apenas uma questão de tempo.


Comentar post