Conhece-te a ti mesmo... se puderes.
Quarta-feira, 8 de Novembro de 2017
Revolução de 1.383

revoluçao 1383.jpg

 

 

Em 1383, D. Fernando morre. O período de crise que se seguiu instalou o medo em Portugal...

 Após o período de guerra vivido em Portugal, devido ao confronto com os árabes, o nosso país começa a ser atingido por períodos de chuvas contínuasmaus anos agrícolas que deram origem à escassez de cereais, à fome e à morte de muitos portugueses. A estes males, outros de juntaram, nomeadamente, a falta de higiene – epidemias(1) e pestes.

22 de outubro de 1383morre D. Fernando e deixa a questão da sucessão do trono em aberto, uma vez D. Beatriz ser a sua única filha e, de esta ser casada com o rei de Castela (fig. 2).

 Assim, a sucessão ao trono português origina uma revolução. De um lado, tínhamos o clero e a nobreza que apoiavam D. Beatriz, mas, do outro estava o povo e a burguesia que apoiavam D. João, o mestre de Avis (fig. 3). Quando D. Fernando morreu, D. Leonor Teles, influenciada pelo conde João Fernandes Andeiro, decide aclamar D. Beatriz como rainha de Portugal. A população teme que o reino fosse dominado pelo rei castelhano (marido de D. Beatriz). Chegaram, até a montar uma conspiração para matar conde Andeiro. Para tal, era necessário alguém com fácilacesso ao paço real: a tarefa coube a D. João (filho bastardo de D.Pedro), mestre da Ordem Militar de Avis e meio-irmão de D. Fernando. Em 6 de dezembro de 1383, D. João entra no paço com um grupo de homens armados e mata o conde Andeiro. Neste clima de agitação popular, D. Leonor refugia-se em Santarém e, perante o cenário de uma invasão castelhana, o povo de Lisboa reuniu-se e elegeu o mestre de Avis “regedor e defensor do reino”.

  1. João de Castela, a pedido de D. Leonor Teles,cerca Lisboa29 de maio de 1384. Os habitantes da cidade comandados pelo mestre de Avis, resistiram à falta de alimento e à peste. Com o aparecimento da peste, o exército castelhano foi obrigado a levantar o cerco à cidade. Ainda assim, fazia-se sentir um clima de instabilidade. Para tal, organizam-se as Cortes de Coimbra, em 6 de abril de 1385. Aqui, D. João de Portugal foi aclamado rei de Portugal. Pouco tempo depois, os castelhanos voltaram a invadir Portugal e deu-se a batalha de Aljubarrota, em 14 de agosto de 1385, perto de LeiriaO poderoso exército castelhano foi totalmente derrotado pelos portugueses, que só eram cerca de 10.000 homens. Como forma de agradecimento pelo feito conseguido, D. João I mandou erguer o Mosteiro da Batalha.

Como D. João não era sucessor direto do rei anterior, inicia-se uma nova dinastia com D. João I – a dinastia de Avis.

 

        


tags:

publicado por pimentaeouro às 21:51
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
posts recentes

...

Adriano

Não estamos sós

J 0023

Relogio do Apocalipse

anoma qualquer coisa

Delfos

Evolução ?

3.800 milhões de anos

Xerazade

arquivos
tags

???

ambição

amizade

amor

animais

antropologia

armas

arquitectura

arte

arte biografias

astronomia

ballet

biografias

biologia

blogues

café curto

carttons

ciência

cinema

civilização

clima

corrupção

criminosos

crise financeira

demagogia

demência

demografia

descobrimentos

desemprego

destino

diversos

doenças

dor

economia

eleiçoes

ensino

escravatura

escultura

estado

estupidez

eternidade

ética

eu

eutanásia

evolução

família

filosofia

futebol

genocídio

governo

greves

guerra

história

incendios florestais

inquisição

internacional

justiça

literatura

livros

memória

miséria

mitologia

morte

mulher

mulheres célebres

musica

natureza

natureza humana

paisagens

paleontologia

partidos políticos

patologia ideológica

pátria

pintura

planeta terra

pobreza

poesia

politica

regime político

religião

saudade

saúde

segurança social

sentimentos

sexo

sindicatos

sociedade

sofrimento

sonhos

tecnologia

terrorismo

terrorismo de estado

testamento vital

tristeza

união europeia

universo

velhice

vida

violência

xadrez

todas as tags

favoritos

Anjo

Enamorados

Sonhar

Podem...

Voz da alma

Mentira

Escrever

À luz da lua

Meu amor

Dilemas

links
últ. comentários
Já receava que fosse essa a razão para ter deixado...
Caros bloguers,Encontrei este blog há dias por aca...
Já não era sem tempo!!!
E para quando um novo post por aqui?Tenho sentido ...
Gostei
Igualmente para si e sua família com muitas amend...
E hoje estou a passar por aqui para desejar uma Bo...
Por vezes mais vale consolidar o que já se tem em ...
Felizmente ou não, não estaremos cá para ver.
blogs SAPO
RSS