Conhece-te a ti mesmo... se puderes.

Terça-feira, 6 de Março de 2018
anoma qualquer coisa

anomopt.jpg

Este simpático peralta habitou a terra há 700 anos, 700 anos é ali ao virar da esquina embora nos pareçam muito anos. Para que conste o seu nome completo é Anomalopteryx

 

Outro exemplar da mesma época menos elegante do que o primeiro

 

Resultado de imagem para animais vivos ha 700 anos

 

 


tags:

publicado por pimentaeouro às 21:58
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito (1)

Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2018
Boas companhias

pandas.jpg

 


tags:

publicado por pimentaeouro às 19:24
link do post | comentar | favorito (1)

Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2018
Ornitorrinco

Ornitorrinco.jpg

 

Quando el ornitorrinco fue descubierto por primera vez por los europeos en 1798, el capitán John Hunter, segundo gobernador de Nueva Gales del Sur, envió un bosquejo y la piel de un ejemplar a Gran Bretaña. A la vista de tan extraño animal, los científicos británicos creyeron encontrarse ante una broma pesada. George Shaw, que en 1799 hizo la primera descripción del ornitorrinco en la revista Naturalist's Miscellany, afirmó que era imposible no haber mostrado dudas sobre su autenticidad y Robert Knox creyó que podría haber sido creado por algún taxidermista asiático. Se creía que alguien había cosido el pico de un pato al cuerpo de un animal parecido a un castor. Shaw incluso utilizó unas tijeras para comprobar si había suturas en la piel disecada.

Su nombre común en inglés, Platypus, es un término latinizado derivado de las palabras griegas πλατύς (platys, plano, ancho) y πους (pous, pie), Shaw se lo asignó como un nombre de género linneano cuando lo describió por primera vez (siendo el nombre de la especie Platypus anatinus), pero pronto se descubrió que ese nombre de género ya pertenecía a unos escarabajos de la madera (género Platypus). En 1800 fue descrito de manera independiente como Ornithorhynchus paradoxus por Johann Blumenbach, a partir de un ejemplar que le entregó Sir Joseph Banks,10 y, siguiendo las reglas de prioridad de nomenclatura, posteriormente se le reconoció oficialmente como Ornithorhynchus anatinus.

El nombre científico se forma con Ornithorhynchus, que deriva de la palabra griega ornithorhynkhos (ορνιθόρυνχος), que significa literalmente «hocico de pájaro»; y anatinus, que en latín significa «semejante a un pato». El nombre común en español proviene también del griego ornithorhynkhos.


tags:

publicado por pimentaeouro às 21:32
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 5 de Janeiro de 2018
Girafas

girafa.jpg

 

 A Girafa é um mamífero que habita a região da savana africana. 

- As girafas adultas (machos) podem atingir a altura de 6 metros. Seu pescoço comprido favorece seus hábitos alimentares, pois as girafas se alimentam basicamente de folhas de árvores. Com relação ao comprimento, atingem na fase adulta 2 metros. 

- Embora seja grande, a girafa é um animal bem rápido. Pode correr a uma velocidade de 45 km/h. 

- Possuem de dois a quatro pequenos chifres que são cobertos por pele. 

- O corpo das girafas é coberto por pelos de cor rosada ou alourado, com machas de cor marrom.

 

- Um animal saudável vive, em média, de 15 a 20 anos.

 

- A gestação da fêmea dura de 420 a 450 dias. A girafa dá a luz a apenas um filhote por vez.

 

- As girafas emitem poucos sons e quando fazem é num tom muito baixo.

 

- Vivem em bandos (grupos) formados por poucos animais (de 5 a 10, em média).

 

- Passam grande parte do tempo comendo folhas das copas das árvores. Dormem, em média de 2 a 3 horas por dia.

 

- As principais espécies de girafas são: girafa-reticulada, girafa-angolana, girafa-masai, girafa-núbia e girafa-sul-africana.

 

Curiosidade:

 

- Os principais predadores das girafas adultas são os leões e leopardos. Já os filhotes de girafas são presas fáceis de leões, leopardos, hienas, crocodilos e cachorros-selvagens.


tags:

publicado por pimentaeouro às 18:37
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017
lemures

lemures.jpg

 

Lêmure  refere-se a qualquer espécie da infra-ordem Lemuriformes, todas elas arborícolas, endémicas da ilha de Madagascar, (África). Assemelham-se aos símios, no aspecto e nos hábitos, mas são dotados de focinhoque lembra o da raposa, grandes olhospêlo lanoso, muito macio, e cauda geralmente longa e peluda.

A palavra lémure deriva do latim "lemures", que significa "espírito(s) da noite" ou "fantasma(s)" e deve-se provavelmente ao facto de estas criaturas serem brancas e noctivagas, perambulando pela noite e fazendo os seus chamamentos.

Os lêmures só são encontrados na ilha de Madagascar e em algumas pequenas ilhas circundantes como as Comores (embora provavelmente tenham aqui sido introduzidos por humanos). Indícios fósseis indicam que eles atravessaram o mar após Madagascar ter se separado da África.

Enquanto que os seus antepassados competiam com macacos e outros primatas, os lêmures estavam a salvo, sem qualquer tipo de competição, e por isso diferenciaram-se numa grande quantidade de espécies.

Os lêmures podem ir dos 30 gramas aos 10 kg. As maiores espécies, algumas das quais pesavam mais de 240 kg, extinguiram-se desde que os humanos se estabeleceram em Madagáscar. As espécies menores são noctívagas enquanto as maiores são diurnas.

As espécies pequenas Cheirogaleoidea alimentam-se de frutos, folhas, brotos, néctar, insectos, pequenos vertebrados e ovos roubados de outros animais. Os restos das espécies Lemuroidea são essencialmente herbívoros, embora possam complementar a dieta com insectos.

Os lêmures possuem polegares oponíveis, mas as suas caudas não são preênseis. Têm unhas em vez de garras e visão a cores limitada.

Ao contrário do resto dos primatas, os lêmures vivem numa sociedade matriarcal

 


tags:

publicado por pimentaeouro às 17:54
link do post | comentar | favorito (1)

Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017
Amigo dos animais

Resultado de imagem para burros

 

Tenho um vizinho em Azeitão que gosta muito de animais mas não tem cães nem gatos nem canários nem pintassilgos nem nem papagaios.

Um belo dia, numa feira viu um burro e comprou. O pobre aninal vive num pequeno quintal onde morre de tédio mas o dono está contente.


tags:

publicado por pimentaeouro às 22:19
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 21 de Agosto de 2015
Os nossos melhores amigos

 

 Resultado de imagem para caes e gatos

 

O cão e o gato. Não são apenas amigos também prestam serviços, principalmente os cães e com as crianças derretem-se em amizade. A fidelidade canina não é um mito, habituam-se ao luxo e a casas pobres sem fazerem exigências.

Gostava de ter um cão, rafeiro que fosse, mas a morar num quarto andar, numa rua com transito, não tenho o direito de torturar um cão.

Parece que os portugueses urbanizados também gostam de cães e de gatos: todos? Parece que não. O ano passado foram abandonados cerca de 32 mil cães e  gatos, na realidade foram mais porque os municípios não conseguem localizar todos.

Levar  um amigo nas férias ou aturá-lo quando começa a envelhecer é muito chato: a amizade que se dane.

 

 



publicado por pimentaeouro às 00:49
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito (1)

Sexta-feira, 14 de Novembro de 2014
Amizades

 

Os amigos não são só para as ocasiões, são também para partilhar boas sonecas.

 

P.S.

 

Não estão à venda.



publicado por pimentaeouro às 23:15
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Sábado, 9 de Março de 2013
Do blogue Amigos da ganika

tags:

publicado por pimentaeouro às 15:46
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 28 de Maio de 2012
Baleia azul

 

 

Este mastodonte chega a pesar 150 toneladas e é o maior an imal conhecido.


tags:

publicado por pimentaeouro às 19:44
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
posts recentes

anoma qualquer coisa

Boas companhias

Ornitorrinco

Girafas

lemures

Amigo dos animais

Os nossos melhores amigos

Amizades

Do blogue Amigos da ganik...

Baleia azul

arquivos
tags

???

ambição

amizade

amor

animais

antropologia

armas

arquitectura

arte

arte biografias

astronomia

ballet

biografias

biologia

blogues

café curto

carttons

ciência

cinema

civilização

clima

corrupção

criminosos

crise financeira

demagogia

demência

demografia

descobrimentos

desemprego

destino

diversos

doenças

dor

economia

eleiçoes

ensino

escravatura

escultura

estado

estupidez

eternidade

ética

eu

eutanásia

evolução

família

filosofia

futebol

genocídio

governo

greves

guerra

história

incendios florestais

inquisição

internacional

justiça

literatura

livros

memória

miséria

mitologia

morte

mulher

mulheres célebres

musica

natureza

natureza humana

paisagens

paleontologia

partidos políticos

patologia ideológica

pátria

pintura

planeta terra

pobreza

poesia

politica

regime político

religião

saudade

saúde

segurança social

sentimentos

sexo

sindicatos

sociedade

sofrimento

sonhos

tecnologia

terrorismo

terrorismo de estado

testamento vital

tristeza

união europeia

universo

velhice

vida

violência

xadrez

todas as tags

favoritos

Anjo

Enamorados

Sonhar

Podem...

Voz da alma

Mentira

Escrever

À luz da lua

Meu amor

Dilemas

links
últ. comentários
E para quando um novo post por aqui?Tenho sentido ...
Gostei
Igualmente para si e sua família com muitas amend...
E hoje estou a passar por aqui para desejar uma Bo...
Por vezes mais vale consolidar o que já se tem em ...
Felizmente ou não, não estaremos cá para ver.
É duvidoso que seja.
Daqui a 100 anos, será uma lista tão grande, mas t...
Completamente! O suposto inteligente!!!
blogs SAPO
RSS