Conhece-te a ti mesmo... se puderes.
Sexta-feira, 9 de Janeiro de 2015
Turquemada no Médio Oriente

(homem de tollund enforcado)

O espírito e o ódio são os mesmos, tudo o resto é diferente. O terrorismo de inspiração islâmica veio para ficar  e ninguém sabe quanto terminará, poderá durar décadas e mudar de métodos e tácticas. O terrorismo que hoje flagela cidades ocidentais selecciona alvos mediáticos para ampliar o terror da sua barbárie e é executado com recursos escassos o que torna quase impossível, ou impossível, a sua prevenção.

As motivações são várias; ódio ao Ocidente, económicas, culturais, religiosas, etc. e as relações dos países ocidentais com os países do Médio Oriente, movidas exclusivamente pela exploração do petróleo, fomentam os factores que conduzem ao terrorismo. O clero muçulmano pelo silêncio é cúmplice do terrorismo e também incita à violência nos seus púlpitos: a ignorância implícita na sua pregação impede que o Islão faça o seu Renascimento, como aconteceu no Ocidente, e que por esta via mantenha os privilégios de que beneficia.

 Todos os séculos tem cemitérios de vitimas dos vários terrorismos, é fácil apontar o dedo à Inquisição mas podemos recuar aos alvores da História; os assírios ficaram conhecidos pela sua barbaridade. Por este caminho inverso, temos as várias invasões bárbaras (as incursões de razias escandinavos (Vikingues e de outros povos);  de Atila e outros; a Revolução Francesa; o terrorismo de Estado de Hitler, Estaline, Mao Zedong, etc .

Infelizmente há mais, o Homo Sapiens era violento, muito violento, os que o precederam também, e a violência está inscrita no código genético do homem. Esta é uma pílula muito amarga de engolir.

 

Alguns estudiosos, como Mark Burgess, do Center for Defense Information, traçam as raízes do terrorismo islâmico aos Assassinos, do século XI, uma ordem do xiismoismaelita que tinha como alvo oponentes políticos e religiosos que se interpunham à ideologia sectária do grupo. Ao propor uma continuidade entre as manifestações medievais e modernas do terrorismo islâmico, Burgess identifica um motivo subjacente comum a ambos, mais especificamente uma lealdade a um imperativo divino, bem como táticas semelhantes, tais como a procura consciente do martírio.

O surgimento do terrorismo islâmico moderno tem suas raízes no século XIX.2 O movimento wahhabista, um movimento fundamentalista árabe que foi formado no século XVIII, visava estabelecer um grande grupo de seguidores durante o período, e gradualmente inspirou outros movimentos fundamentalistas durante o século seguinte. Diversas ondas de movimentos terroristas de motivação política surgidos na Europa durante o século XIX (como o Narodnaya Volya, a Irmandade Republicana Irlandesa e a Federação Revolucionária Armênia) e no início do século XX (como o IRA e o Irgun) serviram como inspiração e modelo para os militantes islamitas no decorrer do século XX.3 Durante aGuerra Fria, os Estados Unidos e o Reino Unido apoiaram a ascensão de grupos fundamentalistas no Oriente Médio e na Ásia Meridional como forma de se opor à expansãosoviética na região e como forma de enfraquecer movimentos nacionalistas anti-ocidentais em alguns países.4

Para Burgess, a escalada do terrorismo durante o fim do século XX tem suas raízes em três eventos cruciais ocorridos em torno de 1979: a Revolução Iraniana, o renascimento religioso global que se seguiu ao fim da Guerra Fria, e a retirada soviética do Afeganistão. Estes eventos, segundo ele, teriam sido responsáveis por fazer que alguns grupos recorressem ao terrorismo religioso.5 6 O historiador americano Walter Laqueur descreveu a invasão soviética do Afeganistão como o "gatilho global" do terrorismo islâmico.7



publicado por pimentaeouro às 19:26
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De golimix a 10 de Janeiro de 2015 às 20:56
A história nos trai. Mas nada me consegue explicar a estupidez humana.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
posts recentes

...

Adriano

Não estamos sós

J 0023

Relogio do Apocalipse

anoma qualquer coisa

Delfos

Evolução ?

3.800 milhões de anos

Xerazade

arquivos
tags

???

ambição

amizade

amor

animais

antropologia

armas

arquitectura

arte

arte biografias

astronomia

ballet

biografias

biologia

blogues

café curto

carttons

ciência

cinema

civilização

clima

corrupção

criminosos

crise financeira

demagogia

demência

demografia

descobrimentos

desemprego

destino

diversos

doenças

dor

economia

eleiçoes

ensino

escravatura

escultura

estado

estupidez

eternidade

ética

eu

eutanásia

evolução

família

filosofia

futebol

genocídio

governo

greves

guerra

história

incendios florestais

inquisição

internacional

justiça

literatura

livros

memória

miséria

mitologia

morte

mulher

mulheres célebres

musica

natureza

natureza humana

paisagens

paleontologia

partidos políticos

patologia ideológica

pátria

pintura

planeta terra

pobreza

poesia

politica

regime político

religião

saudade

saúde

segurança social

sentimentos

sexo

sindicatos

sociedade

sofrimento

sonhos

tecnologia

terrorismo

terrorismo de estado

testamento vital

tristeza

união europeia

universo

velhice

vida

violência

xadrez

todas as tags

favoritos

Anjo

Enamorados

Sonhar

Podem...

Voz da alma

Mentira

Escrever

À luz da lua

Meu amor

Dilemas

links
últ. comentários
Já receava que fosse essa a razão para ter deixado...
Caros bloguers,Encontrei este blog há dias por aca...
Já não era sem tempo!!!
E para quando um novo post por aqui?Tenho sentido ...
Gostei
Igualmente para si e sua família com muitas amend...
E hoje estou a passar por aqui para desejar uma Bo...
Por vezes mais vale consolidar o que já se tem em ...
Felizmente ou não, não estaremos cá para ver.
blogs SAPO
RSS